Oficina:  Arte da Matemática


Resumo do que será apresentado:
Desde a Antiguidade a arte e a matemática caminham junto proporcionando novas ideias para a criação artística. Um dos exemplos mais conhecido são os trabalhos do artista renascentista Leonardo Da Vinci. Ele não era apenas artista, mas também cientista e engenheiro." data-share-imageurl="">

Oficina:  Arte da Matemática


Resumo do que será apresentado:
Desde a Antiguidade a arte e a matemática caminham junto proporcionando novas ideias para a criação artística. Um dos exemplos mais conhecido são os trabalhos do artista renascentista Leonardo Da Vinci. Ele não era apenas artista, mas também cientista e engenheiro. Seus estudos refletem muito na criação de suas obras-primas, como por exemplo, a enigmática Monalisa, pois, foi utilizada a proporção áurea (constante real algébrica irracional – ϕ phi) para a composição da pintura. Dessa forma é possível perceber que as artes e a matemática caminhavam e caminham paralelamente, se cruzando e algum momento para criar uma arte diferenciada.

 

Objetivo:
Apresentar ao público exemplos da matemática aplicada as artes, principalmente, os visuais. Com isso, o objetivo é fazer com que o público possa perceber que mesmo para a criação artística ela não é somente e puramente abstrata, mas que pode dialogar com outras áreas da ciência aplicada, como a matemática.

 

Metodologia:
Será apresentado, de forma que o público possa compreender a proposta da atividade, imagens e teorias a respeito da matemática e as artes visuais. Logo após a apresentação teórica, de forma a interagir e fazer com que o público possa experimentar as funções matemáticas na arte, será exposto atividades práticas relacionadas ao tema.
Sumário:
- Matemática Fractal e o Design
- Matemática e o origami
- Matemática e a composição harmônica na pintura
- Matemática e a figura humana

Quando: 

Segunda e Terça das 09h às 12h / Segunda das 14 às 17h

Faça sua inscrição clicando aqui