Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Tecnologias de Rede
Início do conteúdo da página

Tecnologias de Rede - DTR

Publicado: Quarta, 10 de Dezembro de 2014, 15h35 | Acessos: 6014
Conheça os Projetos
Linhas de Pesquisa
Equipe
Acesse a Página

A constante expansão de redes de computação e de telecomunicações requer constantes atividades de P&D além de monitoramento e análise da qualidade dos serviços prestados.

A prioridade de investimentos no atendimento a estas necessidades traz garantia de receita. O DTR do CTI está capacitado a desenvolver atividades de pesquisa e de inovação e avaliar o desempenho e a capacidade de transmissão de redes de computação e de telecomunicações.  Esta capacitação abrange redes ópticas TDM e WDM de alta capacidade, redes sem fio (GSM), enlaces de rádio base e redes locais de acesso.

Por outro lado, a utilização de sensores e micros sensores conectados em rede é hoje uma realidade tecnológica. Esta associação provê a viabilidade para a instrumentação, monitoração e o controle telecomandado e os mais variados serviços à sociedade. A disponibilidade destas informações sensoriais oferece uma gama de possibilidades por soluções voltadas a uma ampla diversidade de aplicações.

Entretanto, a utilização desses dados requer o desenvolvimento e a aplicação de tecnologias complementares para a coleta e a validação dos dados coletados.

A Divisão de Tecnologias de Redes do CTI tem como missão:

•    desenvolver competência técnica especializada na área de Tecnologia de Redes de Comunicação;
•    desenvolver competência sistêmica na área de engenharia de redes de telecomunicações;
•    promover pesquisas, desenvolvimento e inovações para a capacitação e a prestação de serviços em sistemas baseados em redes de telecomunicações e suas aplicações;
•    prospectar tendências e pesquisar a evolução de soluções tecnológicas associadas às suas competências;
•    participar da disseminação dos conhecimentos adquiridos e disponibilizar as competências geradas no seu âmbito;
•    realizar treinamentos, cursos de extensão e prestação de serviços, no âmbito de sua atuação e de acordo com as diretrizes e regras institucionais;
•    interagir com os principais agentes tecnológicos e econômicos visando acompanhar e contribuir para o avanço do estado da arte das tecnologias associadas às suas competências;
•    contribuir para o cumprimento das metas institucionais e atuar em outras atividades pertinentes à sua área de competência;

Em 2013, com a contratação de novos servidores e com a formalização de um primeiro acordo de cooperação técnica com o Centro de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais – CEMADEN, outra unidade de pesquisa do MCTI, em um projeto prioritário da Casa Civil, o CTI se reforçou de recursos humanos e financeiros revigorando sua Divisão de Tecnologia de Redes.

Entre outras atividades, a DTR desde 2013 tem atuado na prospecção, pesquisa e desenvolvimento de tecnologias de novos sensores, e em redes alternativas de comunicação de dados. Tais atividades visam o provimento do acesso e o monitoramento de redes de plataformas autônomas de coleta de dados.

O sistema de monitoramento e alerta do CEMADEN tem como objetivo proteger vidas, garantir a segurança das pessoas, minimizar os danos decorrentes de desastres e preservar o meio ambiente. Uma rede com cerca de 5.500 Plataformas de Coleta de Dados (PCDs) ambientais, com transmissão automática dos dados está em fase de implantação no país. Devido à magnitude desta rede, fazem-se necessários esforços específicos para sua implantação, gerenciamento e manutenção em atendimento ao Plano Nacional de Gestão de Riscos e resposta a Desastres Naturais. Este projeto se insere no âmbito da cooperação estabelecida entre o CEMADEN, vinculado ao MCTI, e o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres CENAD, vinculado ao Ministério da Integração Nacional (MI).

A divisão de tecnologia de redes é uma unidade de pesquisa do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer que conta com experiência no desenvolvimento de sistemas inovadores, servindo à execução de políticas públicas, conforme as diretrizes do Governo Federal. A DTR também presta serviços de desenvolvimento e inovação à empresas privadas em várias áreas das engenharias e das ciências.

Objetivos: Interagir com os principais agentes tecnológicos e econômicos visando acompanhar e contribuir para o avanço do estado da arte das tecnologias associadas às suas competências.

registrado em:
Fim do conteúdo da página